Nós

A Poupa Mais Brasil é uma organização da sociedade civil, apartidária e sem fins econômicos, sediada na cidade do Recife/PE, constituída por uma equipe dotada de forte sensibilidade social, comprometida em contribuir para disseminação da cidadania financeira do país, em prol de uma sociedade mais justa e igualitária.

O principal objetivo da associação é a promoção do bem-estar social, através do desenvolvimento econômico, social e cultural sustentáveis, onde a educação financeira é meio para alfabetização financeira da população.

A Poupa Mais Brasil atua na realidade cotidiana do cidadão, desenvolvendo competências capazes de gerar cidadania financeira. E assim, o indivíduo, ciente de seu papel social, no pleno exercício dos direitos e deveres, deve ser capaz de atuar como agente de transformação, contribuindo para uma cultura financeira do país e disseminando educação financeira para toda a população.

CONTEXTUALIZAÇÃO CONCEITUAL

A educação financeira é uma ferramenta para o desenvolvimento da alfabetização financeira. Esta, por sua vez, gera um processo de transformação individual na formação da cidadania financeira, desenvolvendo, assim, a cultura financeira no cidadão, tanto na dimensão espacial, quanto na dimensão temporal.

Conheça Nosso Trabalho

icone05Atuamos como um agente catalizador e facilitador do acesso ao conhecimento em educação, divulgando e implementando as ações da ENEF (Estratégia Nacional de educação Financeira) e dos órgãos diretamente e indiretamente relacionados a ENEF.

Nosso locus de ação, embora não se limite às fronteiras físicas regionais, está centrado no Estado de Pernambuco, o qual conta com 185 municípios e com uma população de quase 9 milhões de habitantes. O interior do Estado é extremamente carente e pouco povoado, tendo sua maior concentração demográfica na capital e região metropolitana.

Assim, nossa meta é levar a cidadania financeira à população em geral, capacitando os indivíduos no que diz respeito à gestão do dinheiro, para que, de acordo com suas necessidades, aprendam a lidar de forma equilibrada com suas demandas e desejos, baseados em uma nova forma de pensar e agir.

A POUPA + BRASIL ACREDITA QUE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA É UM DIREITO DE TODO CIDADÃO.

Missão

Desenvolver a cultura financeira no Brasil, contribuindo para o bem-estar social.

Visão

Ser referência regional no desenvolvimento da cultura financeira no Brasil.

Valores

  • Ética nas ações por meio da Governança nas relações;
  • Metodologia inovadora baseada no respeito à identidade local;
  • Engajamento da equipe para a disseminação da educação financeira;
  • Projetos fundamentados no desenvolvimento sustentável.

Nossa estrutura de responsabilidade social abrange basicamente 05 pilares:

  1. Um tratamento justo e igualitário a todos os grupos sociais, repudiando, sob qualquer pretexto, ações discriminatórias;
  2. Uma comunicação interna e externa exercida de forma eficiente, através de uma linguagem acessível, transparente e tempestiva;
  3. Clareza na divulgação de suas contas e de sua atuação social, reiterando o compromisso assumido no exercício de suas funções;
  4. Criar estratégias de fortalecimento da economia e negócios, educando financeiramente a população e as empresas;
  5. Comprometimento com a continuidade da função social da organização através do estímulo ao desenvolvimento financeiro sustentável da sociedade.

Esse é o nosso time

Diretoria Executiva

Katharinny Bione Albuquerque Marinho

Katharinny Bione Albuquerque Marinho

Diretora Presidente

Graduada em Administração de Empresas; Pós-graduada em Gestão Empresarial e Finanças; Mestre em Economia – UFPE. Professora do Instituto Educacional BM&FBOVESPA; Diretora da Semper Consultoria Empresarial; Diretora da Ourum Investimentos e Câmbio; Diretora Executiva do Conselho de Apoio à Atividade Empresarial da Associação Comercial de Pernambuco; Líder do pilar de Acesso ao Capital da Rede Global de Empreendedorismo – RGE da Endeavor. Pesquisadora e Autora de artigos acadêmicos em Finanças Comportamentais, Mercado Financeiro e de Capitais. Multiplicadora do programa Top Derivativos e Top Mercado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Carolina Veloso Maciel

Carolina Veloso Maciel

Diretora Vice-presidente

Possui graduação e mestrado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente é professora da Faculdade Nova Roma e Coordenadora de Crédito Educativo, Gestora da ONG POUPA MAIS BRASIL e sócia-diretora da Semper Consultoria. Diretora Presidente do Conselho dos Jovens Empresários da Associação Comercial de Pernambuco -ACP/PE. Professora de Gestão Financeira da FGV. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Ciências Contábeis, atuando principalmente nos eixos de ensino, pesquisa e extensão na área de Investimentos, em Educação Financeira, Políticas Públicas em Educação e Terceiro Setor.

Antônio Batista

Antônio Batista

Diretor Tesoureiro

Graduado em Ciências Contábeis pela UNICAP, Pós-Graduado em Contabilidade para Negócios Empresariais e em Planejamento Tributário, pela UFPE. Atualmente Professor do Curso de Graduação em Ciências Contábeis da FAJOLCA e Faculdade Joaquim Nabuco.  Palestrante e Instrutor de treinamentos para público profissional e acadêmico.

Luís Souto

Luís Souto

Diretor Secretário

Pós-graduado em Gestão Financeira e Gestão Empresarial, graduado em Ciências Contábeis e Administração de Empresas. Com 14 anos de atuação profissional, tem experiência em Gestão Empresarial, com ênfase em Organização, Sistemas e Métodos, Gestão Financeira, Gestão por Processos, Planejamento, Controle e Sistemas de Informação Gerencial.

Conselho Fiscal

Manoela Barreto Cornélio

Manoela Barreto Cornélio

Conselheira Fiscal

Formada em Economia pela Universidade Católica de Pernambuco; sócia da IM Advisors; desenvolve trabalho de auxilio aos investidores na seleção e monitoramento de portfólios de investimentos, no planejamento financeiro e gestão de riscos e consultoria em previdência privada.

Valéria Louise de Araújo Maranhão Saturnino Silva

Valéria Louise de Araújo Maranhão Saturnino Silva

Conselheira Fiscal

Doutora e Mestre em Administração/Finanças pela Universidade Federal de Pernambuco-UFPE, Professora da Universidade Federal da Paraíba – UFPB, Sócia da CEPLAN MULTI Pesquisa, Gestão e Desenvolvimento Territorial e voluntária da ONG Poupa Mais Brasil. Tem mais de oito anos de experiência nas áreas de consultoria e planejamento estratégico e sete anos de docência do ensino superior na área de finanças. Tem interesse nas áreas de educação financeira, finanças comportamentais, planejamento estratégico e gestão organizacional.

Joana Dark Nascimento de Lima

Joana Dark Nascimento de Lima

Conselheira Fiscal

Bacharel em Ciências Sociais; Técnica em Contabilidade; Empresária Contábil; Conselheira Efetiva do CRC/PE (Conselho Regional de Contabilidade); Coordenadora Estadual do PVCC (Programa de Voluntariado da Classe Contábil); Coordenadora Técnica da Rede Contabilizando o Sucesso em Recife/PE; Contabilista voluntária no setor de Orientação Empresarial do SEBRAE/PE; Voluntária do COMIDI (Conselho Missionário Diocesano).

Rhoger Marinho

Rhoger Marinho

Suplente

Possui Mestrado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), tendo defendido dissertação em Teoria dos Portfólios e Fundos de Investimentos. Possui Graduação em Ciências Contábeis também pela UFPE, onde desenvolveu estudos em Finanças Comportamentais. Atualmente é Diretor Financeiro da ONG Poupa Mais Brasil e professor da graduação e pós graduação em diversas faculdades. Vem desenvolvendo pesquisas nas áreas de Mercado de Capitais e Contabilidade para Usuários Externos, com ênfase em Finanças e Normas Internacionais.

Diretoria Consultiva

Suênia Santos

Suênia Santos

Diretora Consultiva em Finanças

Mestre em Ciências Contábeis pela UFPE. Possui Especialização em Normas Internacionais de Contabilidade e Normas Internacionais de Auditoria pela FIPECAFI. Graduada em Ciências Contábeis pela UFPE. Professora convidada do FGV Management. Multiplicadora em IFRS Certificada pelo Conselho Federal de Contabilidade. Contadora concursada da Câmara Municipal do Recife. Coordenadora da Graduação em Ciências Contábeis da Faculdade Nova Roma. Membro da Rede NAF da Receita Federal do Brasil. Sócia da Serconta – Serviços contábeis e Assessoria Ltda., atuando nas áreas de contabilidade e finanças, com ênfase em Sociedades Anônimas e Empresas de Grande Porte.

Luiz Valente

Luiz Valente

Diretor Consultivo de Acesso ao Crédito e Captação de Recurso

Graduado em Administração de Empresas, pós graduado em Finanças. Atuou durante 16 anos no mercado financeiro, ocupando funções executivas em financeiras, bancos e factorings. Experiências como analista de crédito nas áreas de empréstimo pessoal, cartão de crédito e financiamento de veículos, e como gerente comercial no segmento corporativo. Desde 2012 exerce cargo de gestão no setor público com passagens pela Prefeitura do Recife e Governo do Estado de Pernambuco, desenvolvendo atividades voltadas à empreendedorismo e acesso a crédito. Participou presencialmente do Programa de Educação Continuada da Fundação Getúlio Vargas, módulos de Estratégia Empresarial, Marketing, Liderança e Gestão de Pessoas, como também do curso de Análise Avançada das Demonstrações Financeira pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais – IBMEC, ambos em São Paulo/SP.

Guilherme Farias

Guilherme Farias

Diretor Consultivo em Marketing

Graduado em Administração de Empresas pela DeVry Brasil (2015), MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getulio Vargas (2017) e detém experiência internacional tendo estudado nas universidades de Stanford e DeVry University nos Estados Unidos (2014). Possui experiência em Marketing e Logística e atualmente é consultor de Marketing Digital da ONG Poupa Mais Brasil.

Odilon Saturnino

Odilon Saturnino

Diretor Consultivo do Núcleo de Pesquisa em Finanças e Educação Financeira

Doutor em Administração/Finanças pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Professor do Instituto Federal da Paraíba – IFPB. Tem experiência na coordenação de cursos superiores, na elaboração de projetos pedagógicos de curso e em consultoria financeira. Atua nas linhas de pesquisa de Finanças Comportamentais, Mercado Imobiliário e Administração Pública. Coordenador do Curso Superior de Bacharelado em Administração Pública, modalidade a distância, do IFPB. Professor das disciplinas de Administração Financeira e Orçamentária e Práticas de Pesquisa em Administração Financeira, no curso Superior de Bacharelado em Administração do IFPB.

Rodrigo Arruda

Rodrigo Arruda

Diretor Consultivo do Núcleo de Pesquisa em Políticas Públicas Aplicada a Educação Financeira.

Doutor em Economia pelo PIMES/UFPE e professor da Faculdade Nova Roma. Tem experiência em estudos em Econometria Aplicada e Desenvolvimento Econômico, atuando principalmente nas seguintes áreas: Economia Regional e Urbana, Economia da Educação, Economia da Saúde, Pobreza e Distribuição de Renda e Bem Estar. Atualmente, participa do NUPIAF-PE – Núcleo de Pesquisa Integrada de Assistência Farmacêutica de Pernambuco.

Voluntários

Se você é engajado em trabalho voluntário, dispõe de tempo disponível e quer ajudar de alguma forma, você pode ser voluntário da Poupa Mais Brasil.

No curso de Formação de Voluntários em Educação Financeira serão realizadas palestras, vivências e treinamentos de acordo com os eixos de Informação, Formação e Orientação. Conhecimentos estes, difundidos em conformidade com os projeto em que o voluntário pretende atuar.

Essas iniciativas objetivam avaliar alguns requisitos essenciais para o desempenho das atividades e a disposição do candidato em realizar o trabalho voluntário com discernimento, compromisso e responsabilidade.

Para saber mais sobre a data dos cursos de Formação de Voluntários em Educação Financeira entre em contato conosco.

Funcionários

As atividades desenvolvidas pela Poupa Mais Brasil são realizadas por voluntários com dedicação parcial, ou seja, o corpo voluntariado é composto por pessoas que possuem seus trabalhos e fontes de renda, e que dedicam uma parcela do seu tempo e amor ao trabalho voluntário em educação financeira. Desta forma, não possuímos funcionários em nossa estrutura funcional.

Atuação em Rede

A Estratégia Nacional de Educação Financeira – ENEF, é uma política pública coordenada em rede cujo resultado advém da atuação de diversas instituições do Estado e da sociedade civil. O principal objetivo destes órgãos é promover a educação financeira da população brasileira. A iniciativa foi desencadeada pelo Comitê dos Mercados Financeiro, de Capitais, de Seguros, de Previdência e Capitalização (COREMEC), que ao implementar a Estratégia Nacional de Educação Financeira criou posteriormente o Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF), cuja responsabilidade é definir planos, programas, ações e coordenar a execução da ENEF.

Público Alvo

O público-alvo da Poupa Mais Brasil é atendido através dos seus seis projetos de atuação. São eles:

  • Empreendedores
  • Autônomos
  • Estudantes universitários
  • Mulheres
  • Idosos

Adultos em área de vulnerabilidade social

Estratégia de Transformação

A Estratégia de Transformação da Poupa Mais Brasil está alinhada ao modelo pedagógico desenvolvido pelos agentes integrantes do CONEF e pela OCDE para disseminação da educação financeira. Sua concepção tem por objetivo oferecer ao seu público-alvo ferramentas educacionais que favoreçam a construção do pensamento financeiro consistente e saudável.

Esferas

A Poupa Mais Brasil desenvolve seu trabalho de formação da cultura financeira com base nas situações cotidianas da população. Desta forma, como a Educação Financeira é vinculada ao dia a dia do indivíduo, ela precisa acontecer de acordo com uma dimensão de espaço e tempo determinado. Estas dimensões foram desenvolvidas pela agentes integrantes do CONEF e pela OCDE e estão descritas abaixo:

Na dimensão espacial, os conceitos de Educação Financeira são tratados tomando-se como ponto de partida as ações individuais sobre o contexto social e vice-versa. Essa dimensão compreende ainda os níveis: individual, local, regional, nacional e global, organizados de modo inclusivo. Estes objetivos procuram apontar dois movimentos distintos: circunscrição (espaços individuais) e mobilidade (espaços coletivos) que se complementam para permitir a adequada atenção, tanto aos assuntos individuais quanto às conexões entre o indivíduo e a sociedade.

Na dimensão temporal os conceitos são abordados a partir da noção de que as decisões tomadas no presente podem afetar o futuro, os espaços são atravessados por essa dimensão que conecta passado, presente e futuro numa cadeia de inter-relacionamentos que permitirá perceber o presente não somente como fruto de decisões tomadas no passado, mas também como o tempo em que se tomam certas iniciativas cujas consequências – positivas e negativas – serão vivenciadas no futuro.

(Referência: BRASIL. Educação Financeira nas Escolas – Ensino Médio. Bloco 1. 2010a)

Pilares

Os pilares utilizados pela Poupa Mais Brasil em seu modelo pedagógico para disseminar a cultura financeira são:

Eixos

Os eixos norteadores para execução dos projetos da Poupa Mais Brasil estão divididos em informação, formação e orientação.

Essa classificação está alinhada com as diretrizes definidas pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE em 2005:

“educação financeira é o processo mediante o qual os indivíduos e as sociedades melhoram sua compreensão dos conceitos e dos produtos financeiros, de maneira que, com informação, formação e orientação claras, adquiram os valores e as competências necessários para se tornarem conscientes das oportunidades e dos riscos neles envolvidos e, então, façam escolhas bem informados, saibam onde procurar ajuda, adotem outras ações que melhorem o seu bem-estar, contribuindo, assim, de modo consistente para formação de indivíduos e sociedades responsáveis, contribuindo, assim, de modo consistente para formação de indivíduos e, comprometidos com o futuro” (BRASIL, PLANO DIRETOR, ENEF, p.23).

    • POUPA MAIS INFORMA – Neste eixo de atuação tem-se como foco a assimilação dos conceitos inicias de finanças pelos participantes. O objetivo é desenvolver a base da educação financeira, onde serão apreendidos conceitos de receitas, despesas, saldos e formação de poupança, dentre outros.
    • POUPA MAIS ORIENTA – Uma vez assimilados os conceitos básicos de educação financeira, busca-se conscientizar os indivíduos quanto aos seus direitos e deveres em relação às suas decisões pessoais de consumo, poupança e planejamento pessoal/familiar.
    • POUPA MAIS FORMA – Uma vez assimilados os conceitos básicos de finanças e economia, após sua operacionalização no seu dia-a-dia, através de planejamento financeiro e consumo consciente, o indivíduo passa a ser um formador de poupança e começa a lidar com investimentos, crédito, previdência, seguro.